Polícia Civil divulga alerta aos pais sobre a boneca Momo Postado quinta-feira, 21 de março de 2019 ás 18:16


Você já ouviu falar da boneca Momo? 
Momo é uma boneca que está assustando pais e educadores, e já despertou a atenção das autoridades, pois pode colocar em risco a vida de crianças e adolescentes. Trata-se se de uma boneca assustadora que supostamente estaria aparecendo em vídeos no canal Youtube Kids, mas os relatos apontam que o maior propagador destes vídeos e fotos, hoje, seria o Whatsapp. O Whatsapp ainda não tem o controle dos vídeos e fotos que são enviados pela sua plataforma. Assim, muitas crianças utilizam o aplicativo sem controle, mesmo que seja exigida idade mínima de 13 anos. Na prática, entretanto, não é o que acontece.

Basicamente, a boneca Momo, que estaria infiltrada em vídeos e fotos, traz desafios envolvendo suicídio ou tentativa de suicídio. A boneca ensina como a criança pode se ferir, dando dicas e mostrando imagens, buscando envolvê-la de forma que ela não possa contar para os pais, sempre a instigando a dar o próximo passo no desafio que pode levar a morte.

Já tivemos, no passado, o caso da "Baleia Azul", que estimulava a automutilação e comportamentos suicidas, mas no caso da boneca Momo, há um desafio para que as vítimas se enforquem ficando o maior tempo que conseguirem sem respirar.

As crianças, cada vez, mais dominam as tecnologias, mas não possuem maturidade para avaliar os perigos da internet. A Polícia Civil pede que os pais prestem muita atenção nas programações que os filhos estão assistindo na televisão e na internet, bem como com a utilização de smartphones e tablets. Atentem principalmente para os aplicativos de mensagens instantâneas, onde existe um grande trafego de vídeos e fotos.

Já existe no Brasil um caso de suicídio que supostamente teria envolvimento com a boneca Momo. No Rio Grande do Sul, a Polícia Civil possui a Delegacia de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCI), mas informa que, até o presente momento, não existe nenhum caso registrado no Rio Grande do Sul referente ao caso da boneca Momo.

A Delegacia de Repressão aos Crimes Cibernéticos está localizada em Porto Alegre na Avenida das Indústrias, 915 – Bairro São João.

Por fim, a Polícia Civil faz um importante alerta: a melhor solução para o caso, sem dúvida, é a vigilância e supervisão dos pais sobre o conteúdo acessado pelos seus filhos com o uso da internet. Identificando qualquer vídeo sobre o assunto, DENUNCIE.

Números para denúncia
181 Disque Denuncia
197 Plantão de Emergências
Whatsapp/Telegram (51) 98418-7814.

A Polícia Civil está pronta para servir e proteger!

Fonte: Polícia Civil do RS.

Leitores no Site

O Blog no Facebook

Blog Rafael Nemitz no Youtube

Whats da Vigilância (Coronavírus)

Whats da Vigilância (Coronavírus)

CoronaWhats em Santiago!

CoronaWhats em Santiago!

Farmácia Básica por WhatsApp

Farmácia Básica por WhatsApp

Seguir por email

Vereador Eleito - Gestão 2017-2020

Vereador Eleito - Gestão 2017-2020

Rafael Nemitz Eventos

Rafael Nemitz Eventos

Kayo e Jana Fotografia

Advocacia de Qualidade!

Advocacia de Qualidade!

UNICRED Santiago

UNICRED Santiago

CDA Auto Peças e Auto Center

CDA Auto Peças e Auto Center

Tecnologia a disposição da Agricultura

Tecnologia a disposição da Agricultura

Novidade em Santiago!

Novidade em Santiago!

Basic Store em novo endereço!

Basic Store em novo endereço!

Churrascaria Prodócimo

Churrascaria Prodócimo

Culinária Japonesa em Santiago

Culinária Japonesa em Santiago
Cardápio disponível ao CLICAR NO ANÚNCIO!

Imembuí Microfinanças

Novidade Médica em Santiago

Novidade Médica em Santiago

Clínica Life!

Clínica Life!

Vida Sonora em novo endereço!

Vida Sonora em novo endereço!

Xeque Mate Monitoramento e Segurança

Xeque Mate Monitoramento e Segurança

Farmácia Agafarma em Santiago!

Farmácia Agafarma em Santiago!

Sorrifácil Santiago

Madalosso Gás e Água

Fasp Art Alimentos, Buffet e Decoração

Fasp Art Alimentos, Buffet e Decoração

Previne Cursos e Treinamentos

Previne Cursos e Treinamentos

Escológica Educação Infantil

Escológica Educação Infantil

Mais Lidos da semana

Mais lidas nos últimos 30 dias