Crime em Jaguari: Nota de Repúdio do Coletivo Sobre Elas! Postado quarta-feira, 7 de agosto de 2019 ás 23:53


NOTA DE REPÚDIO

O Coletivo Sobre Elas da cidade de Santiago repudia os comentários ofensivos e agressivos postados nas notícias veiculadas por diversos meios da imprensa eletrônica, por ocasião da tentativa de feminicídio ocorrida no interior de Jaguari, RS.

Esses comentários revelam o crescente desprestígio dos valores humanitários que inspiram nossa Constituição Federal, valores esses que são fiadores da convivência civilizada e principalmente do respeito à vida da mulher.

Em uma sociedade democrática, não é possível admitir que a violência seja utilizada como forma de repressão ou punição. Os episódios de violência cometidos contra a mulher, assim como comentários maldosos representam o retorno do autoritarismo e a sobrevivência do machismo, que são uma doença em nossa sociedade. 

Em pleno mês de aniversário da Lei Maria da Penha, é triste e repulsivo ler comentários machistas que convalidam a atitude do agressor, e pior ainda: julgam e recriminam o comportamento da vítima.

Como sempre frisamos, a vida é da mulher, e a ninguém cabe julgar o que ela faz, passou ou passa no seu cotidiano.

Os comentários feitos na notícia caracterizam uma manifestação misógina e reveladora de como as diferentes formas de violência contra as mulheres são aceitas, vilipendiando os direitos das mulheres, incitando a violência e evocando o machismo que ataca as mulheres de modo cruel e extremamente agressivo, referendando que somos nós mulheres que provocamos nossos algozes, e damos causa à violência sofrida. Com esse tipo de raciocínio, a mulher é culpabilizada pelo crime do qual é vítima.

Devemos salientar que os meios de comunicação devem primar pela informação e não pela banalização da situação dramática em que vivem milhares de mulheres brasileiras, vítimas de violências.

Em uma sociedade patriarcal, a violência vem sendo utilizada sistematicamente para subjugar a nós mulheres, nos dominar, nos desqualificar, nos castigar pela transgressão e pela busca permanente de sermos donas de nossos projetos de existência, roubando nossa possibilidade de existir como ser humano, donas de si, e rompendo as regras de sujeição que o machismo nos impõe, todos os dias. 

Difundir e naturalizar o comportamento agressivo do homem é ser cúmplice da violência, é praticar o crime de incitação à violência contra as mulheres. 

Dessa forma, manifestamos nosso total repúdio a qualquer manifestação de ódio, violência, intolerância, preconceito, desprezo e julgamentos à vida da mulher, assacadas sob qualquer pretexto que seja, bem como a toda e qualquer incitação que venha a tolerá-las, incentivá-las ou relativizá-las

O feminicídio é o desenrolar de um trágico final vivenciado por muitas mulheres diariamente, que são atormentadas pelo fantasma cíclico da violência. 

Essa violência é diária e sentida por muitas de nós, silenciada e mascarada pelo estado e “invisível” aos olhos da sociedade. Ninguém sabe o ocorre dentro do núcleo familiar da mulher, somente ela, e somente ela pode falar sobre o assunto.

Para que a violência contra as mulheres tenha fim, é necessário enfrentar os valores e ideias que ainda naturalizam este tipo de violência e que tentam justificá-la e banalizá-la. 

Precisamos acabar com as piadas, com as brincadeiras, com os comentários desnecessários e ofensivos que aplaudem e justificam a violência da mesma forma que precisamos acabar com a violência.

Manifestamos nossa solidariedade feminista à vítima do fato, e à todas às mulheres que são vítimas da violência patriarcal em nossa sociedade.

BASTA DE VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER! Não reproduza o machismo, não ecoe o patriarcado, não dissemine a opressão, e principalmente não julgue a conduta da mulher. Por mim, por nós e pelas outras! Pelo fim da violência contra as mulheres!

Coletivo Sobre Elas
Grupo formado em Santiago para dar voz a todas as mulheres, criar laços, trocar vivências e principalmente desconstruir rótulos que diminuem a luta feminista.

One Response so far.

  1. Unknown says:

    Muito Feliz em saber que em nossa cidade existem mulheres que estão unidas contra a violência patriarcal de nossa sociedade!

Leitores no Site

O Blog no Facebook

Seguir por email

Vereador Eleito - Gestão 2017-2020

Vereador Eleito - Gestão 2017-2020

Rafael Nemitz Eventos

Rafael Nemitz Eventos

Advocacia de Qualidade!

Advocacia de Qualidade!

Novidade Médica em Santiago

Novidade Médica em Santiago

Odontologia para casos especiais

Odontologia para casos especiais

URI Câmpus de Santiago

URI Câmpus de Santiago

Cebola e Salsa. Prove!

Cebola e Salsa. Prove!

Xeque Mate Monitoramento e Segurança

Xeque Mate Monitoramento e Segurança

Apartamentos para venda em Santiago

Apartamentos para venda em Santiago

Guindastes Campanher

Guindastes Campanher

Fonoaudióloga e Otorrino em Santiago

Fonoaudióloga e Otorrino em Santiago

Refrigeração Sfredo em Santiago!

Refrigeração Sfredo em Santiago!

Farmácia Agafarma em Santiago!

Farmácia Agafarma em Santiago!

Sorrifácil Santiago

Life Clínica Médica e Estética em Santiago!

Life Clínica Médica e Estética em Santiago!

Psicóloga Maiara Castro de Freitas

Psicóloga Maiara Castro de Freitas

O Blog Recomenda: Ford Superauto de Santiago

O Blog Recomenda: Ford Superauto de Santiago

Madalosso Gás e Água

Cercas Elétricas para o Campo

Cercas Elétricas para o Campo

Contabilidade de Qualidade!

Contabilidade de Qualidade!

Telhas Marian em Jaguari!

Telhas Marian em Jaguari!

Culinária Japonesa em Santiago

Culinária Japonesa em Santiago
Cardápio disponível ao CLICAR NO ANÚNCIO!

Fasp Art Alimentos, Buffet e Decoração

Fasp Art Alimentos, Buffet e Decoração

Previne Cursos e Treinamentos

Previne Cursos e Treinamentos

Pague menos no seu lanche com Delivery In Box

Pague menos no seu lanche com Delivery In Box
CLIQUE NA IMAGEM PARA IR ATÉ O SITE

Escológica Educação Infantil

Escológica Educação Infantil

Books e Eventos!

Books e Eventos!
Atende toda região!

Mais Lidos da semana

Mais lidas nos últimos 30 dias