Romantismo Dominical Postado domingo, 21 de março de 2010 ás 12:04

Faz alguns dias, ao atravessar a passarela sobre o arroio Dilúvio, também chamado de riacho Ipiranga, eu vi uma crônica pronta. Cheguei a ficar arrepiado. Estremeci. Acontece que sou muito romântico. Já tinham notado, não é mesmo? Quer dizer, as mulheres, pois os homens não notam coisa alguma. Tem marido que nem percebe quando a mulher corta dois imensos dedos do seu cabelo (o cabelo dela, pois ou o cara já está careca ou não percebe que tem uma mecha ridícula cobrindo-lhe um olho). Quase todo homem é um insensível por natureza. Menos eu. É verdade que meu romantismo só se manifesta uma ou duas vezes por mês. É uma medida contra a banalização. Até o romantismo deve ser praticado com moderação. Pensei em começar um conto ou um romance com a cena que vi. Quem sabe, se duvidar, até um filme. O cinema brasileiro anda tão pobrinho que já estou pensando em entrar também nesse negócio bacana.

Chovia. As águas do Dilúvio pareciam mais barrentas do que nunca. Eu me achava mergulhado em questões metafísicas: o homem nasce bom e a sociedade o corrompe ou nasce mau e a sociedade o civiliza? É melhor jogar sempre no 3-5-2 ou variar o esquema conforme os adversários? Deve-se votar em pessoas ou em partidos? Adriano, o "imperador", é um imbecil ou um babaca? Como podem ver, eu me ocupava com novas e originalíssimas questões atravessando a Ipiranga para tomar o lotação em direção ao Centro de Porto Alegre. Quando eu estava na metade da passarela, ensimesmado em busca de respostas, fui arrancado de minhas reflexões pela cena que me tocou.

Uma menina - uma jovem, uma garota, uma guria - surgiu na direção oposta. Era muito bonita. Equilibrava com a mão esquerda - no estilo que as mulheres carregam pastas e livros - uma quantidade incrível de material. A mão direita segurava um guarda-chuva colorido que, mesmo estando sob a passarela coberta, ela não tinha como fechar. Era uma gata. Não era um polvo. Foi aí que tudo aconteceu. Num átimo de segundo, como dizia um velho poeta palomense, ela foi projetada para a frente. Tudo indicava que bateria de cara no chão de cimento sujo. Mas surgiu um herói. Um menino - um jovem, um garoto, um guri - tão lindo quanto ela deu um salto absurdo e a segurou. Por um momento, pensei que os dois se espatifariam no piso. O cara resistiu ao impacto e os dois ficaram em pé.

O guri já ia se afastar quando olhou para baixo. O cadarço do tênis da guria estava desatado. Ela quase caíra justamente ao pisar no cordão enlameado. Não havia onde soltar as coisas para amarrá-lo. Se continuasse a caminhar daquele jeito, correria sério risco de cair mesmo. O belo mancebo, sem um segundo de hesitação, abaixou-se e amarrou o tênis da deusa das mãos ocupadas. Em seguida, levantou-se, limpou as mãos na sua calça jeans, sorriu para ela e seguiu em frente. Nunca se tinham visto antes. Certamente nunca mais se verão, salvo se o destino der outra forcinha. Eu só pude concluir deslumbrado: não se fazem mais homens como antigamente.
Crônica de Juremir Machado da Silva, publicada no Correio do Povo deste domingo. Ilustra a crônica, arte de Rodrigo Vizzotto.

Siga o Blog no Facebook!

APP de Mobilidade Urbana 287 Driver

APP de Mobilidade Urbana 287 Driver

Rádio Nova Pauta

NPExpresso: Portal de Notícias e Jornal Impresso!

Ribeiro Filho Advocacia e Consultoria

Ribeiro Filho Advocacia e Consultoria
AGORA EM NOVO ENDEREÇO!

CLICK ACESSÓRIOS em Santiago!

Especialista em Direito de Família!

Giraffas Santiago

Eletroos Engenharia e Energia Solar!

Damian Center Lar

Compre no Damian sem sair de casa!

Restaurante Cantina Damian!

Designer Gráfico Grabriel Bueno

Rotero Produtora: Fotografia e Vídeo!

Rotero Produtora: Fotografia e Vídeo!

Darlan Ferrari Fotografia

Darlan Ferrari Fotografia

A melhor sonorização de Santiago e região!

A melhor sonorização de Santiago e região!
Fone/Whats (55) 9.9664-4188

Florybal Santiago

Florybal Santiago

Clínica Life!

Clínica Life!

Coloproctologia e Colonoscopia em Santiago!

Coloproctologia e Colonoscopia em Santiago!

A Top Car agora é PAMPEIRO!

3e Gestão de Pessoas

Culinária Japonesa em Santiago

Culinária Japonesa em Santiago
Cardápio disponível ao CLICAR NO ANÚNCIO!

Delícias santiaguenses: Pão de Forma!

Delícias santiaguenses: Pão de Forma!

Xeque Mate Monitoramento e Segurança

Xeque Mate Monitoramento e Segurança

Mais Lidos da semana

Mais lidas nos últimos 30 dias