Investigação apura desvios de recursos na prefeitura de Jaguari Postado quinta-feira, 20 de junho de 2024 ás 00:09


A prefeitura de Jaguari foi alvo de cumprimento de busca e apreensão de documentos, nesta quarta-feira (19), por ordem da Justiça. A operação, conduzida pela Polícia Civil e pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), investiga desvio de recursos públicas. A ação ocorreu pela manhã, no prédio do Executivo, no centro da cidade. O alvo da investigação seria um servidor municipal. Mandados também foram cumpridos em uma residência.

Em nota, a prefeitura se manifestou explicando que o objetivo da ação seria continuar com uma investigação sobre possíveis crimes cometidos pelo funcionário concursado. Em cumprimento à ordem judicial, o servidor foi afastado das funções pelo prazo inicial de 90 dias.

Ainda conforme a nota, o Executivo e o Legislativo de Jaguari se colocaram à disposição dos órgãos de fiscalização e inclusive determinaram de imediato a alteração de acessos nas contas bancárias do município, além de abrirem procedimento administrativo para apurar os fatos.

Ao Diário de Santa Maria, o prefeito de Jaguari, Beto Turchiello (MDB), confirmou que a investigação é sobre desvio de recursos públicos. O valor que teria sido desviado não foi divulgado.

Polícia Civil não revela detalhes

Conforme o delegado Guilherme Antunes, titular da Delegacia Regional de Santiago, somente após o final dos trabalhos de investigação serão divulgadas informações à imprensa sobre a operação.

A reportagem fez contato com o Ministério Público, porém, o órgão informou que não irá se manifestar sobre o caso. O TCE não havia dado retorno até a publicação desta matéria.

Leia, na íntegra, a nota de esclarecimento emitida pela prefeitura de Jaguari:

“A Prefeitura foi alvo de mandado de busca e apreensão da Polícia Civil e do Tribunal de Contas.

O Município de Jaguari torna público à comunidade fato surpreendente ocorrido nesta manhã do dia 19 de junho de 2024.

Compareceram ao prédio da Prefeitura a Polícia Civil e o Tribunal de Contas do RS para cumprimento de busca e apreensão de documentos mediante autorização do Poder Judiciário.

O objetivo é dar continuidade à investigação de possíveis crimes em tese cometidos por servidor público municipal concursado, que foi afastado de suas funções públicas pelo prazo inicial de noventa dias, em cumprimento a mesma ordem judicial.

Diante do ocorrido, os poderes Executivo e Legislativo Municipal se colocaram à disposição dos referidos órgãos de fiscalização e, nesta data, como medida preliminar, determinaram a imediata alteração de acessos nas contas bancárias do município e abertura de procedimento administrativo para apuração do fato.”

Com informações do site BEI.

Siga o Blog no Facebook!

APP de Mobilidade Urbana 287 Driver

APP de Mobilidade Urbana 287 Driver

Rádio Nova Pauta

NPExpresso: Portal de Notícias e Jornal Impresso!

Ribeiro Filho Advocacia e Consultoria

Ribeiro Filho Advocacia e Consultoria
AGORA EM NOVO ENDEREÇO!

CLICK ACESSÓRIOS em Santiago!

Especialista em Direito de Família!

Giraffas Santiago

Eletroos Engenharia e Energia Solar!

Damian Center Lar

Compre no Damian sem sair de casa!

Restaurante Cantina Damian!

Designer Gráfico Grabriel Bueno

Rotero Produtora: Fotografia e Vídeo!

Rotero Produtora: Fotografia e Vídeo!

Darlan Ferrari Fotografia

Darlan Ferrari Fotografia

A melhor sonorização de Santiago e região!

A melhor sonorização de Santiago e região!
Fone/Whats (55) 9.9664-4188

Florybal Santiago

Florybal Santiago

Clínica Life!

Clínica Life!

Coloproctologia e Colonoscopia em Santiago!

Coloproctologia e Colonoscopia em Santiago!

A Top Car agora é PAMPEIRO!

3e Gestão de Pessoas

Culinária Japonesa em Santiago

Culinária Japonesa em Santiago
Cardápio disponível ao CLICAR NO ANÚNCIO!

Delícias santiaguenses: Pão de Forma!

Delícias santiaguenses: Pão de Forma!

Xeque Mate Monitoramento e Segurança

Xeque Mate Monitoramento e Segurança

Mais Lidos da semana

Mais lidas nos últimos 30 dias